sábado, 5 de outubro de 2013

Sem querer, falou mais do que devia...


Em vésperas de implantação da república em Portugal e enquanto o Sport Lisboa ia dando os primeiros passos, os líderes da Carbonária encontravam-se deveras preocupados com o (in)sucesso da ação. Existem várias teorias históricas sobre o assassinato de Miguel Bombarda que ocorreu no dia 3 de Outubro de 1910. Sem dúvida de que foi baleado à “queima roupa” por um doente a quem tinha dado alta recentemente, mas o facto deste ser Tenente do Exército tem levantado algumas dúvidas sobre o médico psiquiatra ter sido ou não uma das primeiras vítimas da revolução republicana.

Não obstante, a história que tem sido lembrada é a de que, nas horas que se seguiram ao disparo, Miguel Bombarda estava mais preocupado com o destino das cartas que tinha em sua posse, dotadas de informações extremamente valiosas sobre a revolução em curso, do que com o seu estado de saúde crítico.

A posse de informações nas mãos certas das pessoas certas é demasiado importante em qualquer momento crítico de um país ou instituição.

Quis a coincidência que na véspera de mais um aniversário da república, Pragal Colaço, no seu conhecido estilo, viesse falar aos benfiquistas sobre conspirações, revoluções e crises no nosso clube. No entanto, por estranho que pareça, este homem boçal e de cabelo ruivo, normalmente genial na construção da intriga, desta feita “embrulhou-se” demasiado no discurso e acabou por, de certeza absoluta, falar demais do que inicialmente previra.

Como sempre, o objectivo principal era o de alarmar os benfiquistas sobre o “sistema”, encontrado nele todas as justificações para os maus resultados desportivos que já trazem décadas de vida. Agora a explicação está nos interesses económicos e financeiros que gravitam na órbita da  Benfica TV.

Reconheço que enquanto se foi referindo à Benfica TV e a quebra do monopólio da empresa rival, encontrei-me a concordar com alguns dos pontos, lembrando-me que o mesmo aconteceu com João Vale e Azevedo. O ex-sócio e presidente começou em queda na comunicação social (excepto a SIC, que passou a transmitir os jogos do Benfica) no dia em que, literalmente, rasgou o contrato com a Olivedesportos, acabando por ser substituído por Manuel Vilarinho, Luís Filipe Vieira e companhia que, de imediato, renovaram o contrato televisivo e anteciparam todas as receitas.

O problema foi quando a Benfica TV, na sua linha editorial ‘caseira’ que já todos conhecemos e que não vale a pena referir, arriscou e deu demasiado espaço televisivo a Pragal Colaço. Inevitavelmente, tal a sensibilidade do assunto, o ponta-de-lança do Vieirismo não esteve à altura e confundiu tudo.

Sem querer e cada vez mais baralhado sobre um assunto que estava perceptível que não dominava, saltou da Benfica TV para a SAD e começou a falar demasiado em “árabes” e “angolanos” que querem “esvaziar o ovo do Benfica” e “comprar este clube” a um “preço reduzido”.

Para quem está atento, a equação é simples. O clube e a SAD têm acumulado prejuízos todos os anos e todo o património foi dado como garantia sobre os empréstimos pedidos. No entanto, ao contrário dos últimos anos que obtiveram altas fontes de financiamento através da venda de jogadores, este Verão não foi realizado nenhum encaixe financeiro. Também a aposta da transmissão dos jogos na Benfica TV, mesmo que anualmente atinja valores razoáveis, não permitiu uma elevada quantia de antecipação de receitas com a qual os órgãos sociais gostariam de contar. Acresce a isto que os maus resultados da equipa de futebol estão a fazer as restantes formas de faturação, como as assistências no estádio, descer drasticamente. Provavelmente, tudo isto somado não tem permitido que o Benfica consiga fazer face às suas obrigações.

Com efeito, a teoria da conspiração de Pragal Colaço é, de novo, um alerta aos sócios. Ou não se queixam da venda de jogadores e continuam a ir ao estádio e a comprar todo o merchandising  que existe e percebem que a justificação de não ganharmos é por causa do "sistema" que está a responder ao ataque ao mercado por parte da Benfica TV, ou prepararem-se para a ideia de que o SLB ou vende o seu capital enquanto pode e vale mais ou "os conspiradores e papões do dinheiro vêm cá para ficar com isto".

Sem se ter apercebido daquilo que disse, Pragal Colaço desmontou o embuste completo do caminho que há muito tempo tem sido traçado e com os visíveis resultados financeiros e desportivos! O notável “Vieirista” deveria ter tido muito mais cuidado em não confundir a Benfica TV com os capitais próprios do Benfica Clube na SAD, tal como o fez no minuto 10:30 do seu monólogo. Trata-se de uma informação demasiado valiosa, que o seu “dono” não vai gostar muito que se ande a falar dela por aí.

Para quem se mostrou tão preocupado com a “revolução” que se prepara logo a seguir a um possível mau resultado do jogo de Domingo no Estoril, Pragal Colaço, convencido do seu crédito junto dos benfiquistas e de que pode falar de tudo, deu um tiro muito certeiro e, simultaneamente, muito sério... Mas foi no seu próprio porta-aviões. 

http://www.youtube.com/watch?v=85J2d7QknZ0&feature=youtu.be


6 comentários:

  1. Se alguém anda a baralhar-se sobre um assunto que não domina, inventando teorias da conspiração para algo para o qual não tem outros argumentos é a pessoa que acaba de escrever, trocando os pés pelas mãos sem nexos de causalidade. Não estou a afirmar que tudo o que Pragal Colaço disse é ou possa ser verdade.

    Mesmo que o Benfica perca no Estoril, JJ não sai! Tira os cavalinhos da chuva. Ou as brocas da boca!

    Presidente da Associação Portuguesa de Fura-Dentes

    ResponderEliminar
  2. é este o triste fado dos benfiquistas,sempre entretidos com personagens ridiculas como este a contar historias do arco da velha,teorias de conspirações e afins...tristeza de gente,tristeza de clube,honestamente,estou farto do benfica e estou farto de ser benfiquista,vou começar só a seguir a seleção e o clube da terra porque confesso,honestamente já não me identifico nada com este clube e primeiro que me insultem deixem que vos diga que ninguem esta mais triste que eu..mas honestamente ja nao da mais,isto ja nao me diz nada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ..." e estou farto de ser benfiquista,vou começar só a seguir a seleção e o clube da terra porque confesso,honestamente já não me identifico nada com este clube " ...

      Tu não cheiras, tresandas ...

      Eliminar
  3. é só benfiquistas que querem a toda força que o Benfica perca no Estoril mas será que quem escreveu isto é benfiquista? tenho muitas dúvidas

    ResponderEliminar
  4. Olá amigos gloriosos.

    Escrevo este comentário de maneira a informar que o Escolta Vermelha mudou de endereço e para Wordpress.

    Neste momento encontra-se em http://www.escoltavermelha.net

    Assim sendo, agradeço que se puderem actualizem o link na vossa blogroll, e, se ainda não nos tiverem lá, adicionem que a simpatia será retribuida.

    Um abraço benfiquista e obrigado!

    Gonçalo (www.escoltavermelha.net)

    ResponderEliminar
  5. È isso aí avozinho, vamos pegar nas armas! Vamos matar o proença,eu nao sei onde é que ele vive mas a proxima vez que ele for dar aulas ao seixal,estou la de caçadeira canos serrados na mão pronto pra disparar. E se todos nos fizesemos o mesmo esta merda ia pra frente,.
    Peguem nas armas, quem não tiver que traga ferramentos da agricultura ou mecanica,tragam inchadas de cavar terra , foices e pés de cabra,tragam a faca de matar porcos,quem tiver canhões la em casa,traga! Tragam tudo e vamos matar toda a gente, vamos matar os corruptos infiltrados,os jornalistas avençados, os arbitros,todos os jogadores e treinadores adversarios , vamos mandar abaixo o predio da sportv e da uefa e da fifa, e espetar uma bala no pinto da costa.Força camaradas vamos a isto.

    ResponderEliminar