sábado, 9 de maio de 2009

Todos a Alvalade

O quinto ponto perdido esta época com a poderosa equipa do Trofense, leva-nos à situação extrema de vermos o terceiro lugar perigar.
A falta de exigência que existe no nosso clube, que emana na estrutura técnica, direcção e adeptos origina atitudes totalmente displicentes como as que assistimos hoje por parte de alguns jogadores (Quim, Sidnei, David Luiz), e abandonar desistir de lutar pela vitória até ao último minuto. Erros e mais erros, substituições sem sumo que ocorrem por ocorrer sem que daí advenha algum ganho e uma gritante falta de brio profissional, selam e são a imagem de marca do que para mim é a pior época da história do Benfica (atendendo ao investimento feito, ao facto do director Desportivo ser quem é).
Resta-nos amanhã apoiar o FCP e na última jornada comparecermos em massa em Alvalade para apoiar e desejar a vitória dos lagartos frente ao Nacional, de forma a garantirmos a terceira posição.
PS: E convém não esquecer o Braga (4ª posição também não está segura!!!)

12 comentários:

  1. antes 4º ou 5º do que apoiar morcões ou gatinhos.

    O benfica tem valoes perca ou ganhe que não estes...

    ResponderEliminar
  2. POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL9 de maio de 2009 às 22:59

    http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

    ResponderEliminar
  3. Basicamente esta petição pretende que a marca Benfica (principalmente) seja distribuida em partes iguais.

    ResponderEliminar
  4. Consórcios:
    Pela primeira vez entro neste blog por indicação de um amigo e também sofredor de bancada do estádio.
    Mais um ano que tudo prometia e nada deu.
    Culpas? De certeza que da Águia Vitória não foi, porque essa continuou a cumprir o seu serviço, não só no estádio como nas festas do SLB.
    Foi preciso vir um treinador estrangeiro, para criar dentro do Benfica uma verdadeira legião estrangeira.
    Portugueses preteridos, estrangeiros promovidos.
    Um treinador que leva meio ano a construir uma equipa, que joga com todas as pedras trocadas e que faz substituições a esmo, direi que não é um construtor de equipas, mas um curioso. Não será um estudioso, pois esses depois de fazerem o erro não o repetem.
    Não será um disciplinador, pois o que se observa dentro de campo é irracionalidade.
    Objectivo, também não é, pois não há jogada do Benfica que não comece sem passar por todos os defesas várias vezes.
    Adepto de futebol de ataque.... quando de cantos contra a Benfica mete todos os nossos jogadores na nossa área inviabilizando qualquer contra ataque.
    Pediu tempo, foi-lhe dado. Pediu jogadores, deram-lhos.
    Vamos a obrigações. Prometeu títulos? Asseverou várias vezes que nada estava perdido, sempre que ía perdendo qualquer coisa.
    Se tivesse a hombridade do nosso compatriota filósofo Agostinho da Silva, devolvia ao Benfica tudo o que tinha recebido para compensar o Benfica da sua incompetência. Por bem menos o filósofo devolveu algumas vezes o subsídio estatal que recebia, pois ELE achava que nesse mês não o merecia porque não tinha trabalhado o suficiente para a ele ter direito.
    O que mais custa nisto tudo é ver o Benfica envolvido em situações de perda de identidade, e de respeito, além de ser servido por indivíduos que não tem capacidade para cumprir os objectivos que eles próprios traçaram.
    Em meia dúzias de semanas perdemos a disputa do título, com clubes que estão na zona de aflitos. Dizia-me um amigo à saída do estádio "todos os que ganham pontos ao Benfica arriscam-se a descer de divisão". parece que é verdade.
    Não vale a pena ir por outras razões, pois o importante era o Benfica ter força futebolística, anímica, mental, física e acima de tudo potencial desportivo para levar de vencida todas as equipas com que se defronta, incluindo as de arbitragem.
    Depois de tudo o que se passou este ano, ilusoriamente não éramos nós que estávamos melhores, mas sim os nossos mais directos adversários que não acertavam. Quando acertaram aí está o resultado.
    Que treinador de guarda redes que não exercita os nossos nas saídas a pés, mãos, cabeça e o mais que seja necessário para defender as balizas e os deixa pregados entre os postes à espera de serem literalmente fuzilados.
    Que saudades do Bento, Zé Henriques, Costa Pereira e tantos outros que não se encolhiam e a pequena área era deles.
    Senhor Quique, é muito bem falante, tem uma filosofia de vida muito boa, mas de futebol nacional, não percebe patavina.
    Falar bem do adversário é demonstrar medo.
    Desculpar e branquear situações como tem feito é pactuar com o inimigo e há um provérbio português que diz: " quem o inimigo poupa, nas mãos lhe morre".
    Depois de lhe ter dado o benefício da dúvida, fiquei com dúvida no benefício.
    Fez uma época miserável. A campanha europeia foi desastrosa, a campanha da taça, idem aspas e o campeonato é o que se está a ver.
    Temos cá no País muitos cursos de formação profissional, onde eventualmente poderia aprender muita coisa. Não tenha vergonha em frequentá-los, pois nunca é vergonha querer aprender.
    Ganhou uma taça menor, o que é muito pouco para os nossos pergaminhos e historial.
    Não venha agora desculpar-se com atitudes menos próprias dos jogadores pois era o senhor o comandante.
    Eu sempre disse que os profissionais da bola são sujeitos e passíveis de processos disciplinares como qualquer outro trabalhador por conta doutrem.
    Eu como muitos milhares de benfiquistas, sentimos neste momento o travo amargo da derrota.
    Para o novo ano apenas se exige: Competência, Rigor, Dedicação, Disciplina, Profissionalismo e acima de tudo disponibilidade e respeito para com o clube que lhe paga os salários e não são tão baixos como isso.

    Saudações benfiquistas

    Pica Miolos

    ResponderEliminar
  5. Lamento concordar com o post.
    Ontem, mais um exemplo.

    Apesar do meu apoio ao treinador, ou melhor, ao projecto de continuidade, confesso estar a ficar sem paciência. Sem paciência para a passividade e permissividade de quem está supostamente a servir o Benfica e cuja exigência é nula.
    Depois vemos os "tulipas" desta terra frustrados por "só" terem empatado...no Estádio da Luz.
    Costuma dizer-se que "cego não é o que não vê mas sim o que não quer ver!".
    O meu apoio incondicional...já foi mais incondicional.
    Começo a ficar farto...

    ResponderEliminar
  6. Pois ! Cuidado com o Braga e com o Nacional !! Volta Fernando Santos !!!! eheheh

    ResponderEliminar
  7. Hà uma coisa que me intriga neste blog...Mas a culpa é só do Quique? Quando é que começam a perceber que o mal do Benfica - muito profundo - não se resolve com a mudança de treinador, resolve-se em Outubro, com a mudança de presidente e de direcção. Porra, digam-me lá, quantos anos precisam mais, para eu saber?

    ResponderEliminar
  8. muita incompetência e muita falta de profissionalismo de alguns mercenários.
    Não se compreende, estando Urreta a ser dos melhores, que seja o primeiro a sair, fez apenas as 2 assistências para os golos, até o Tulipa agradeceu publicamente a estupidez de Quique. Depois, estado empatado, não foi capaz de tirar um defesa quando entrou Mantorras, talvez satisfeito com o empate.
    O campeonato acabou,resume-se apenas à discussão pela fuga à despromoção, a Europa e o título estão definidos, numa liga, que ficou este ano irremediavelmente marcada por muita falta de verdade, demasiados e grosseiros erros de arbitragem, com nítidos reflexos em alguns momentos na tabela classificativa, sinceramente, apesar de achar que sempre houve e sempre vão haver erros, a verdade é que nunca vi tantos e tão graves com esta época e há muitas equipas com razões de queixa, até porque momentos houve na época, que clube houve que foram nitidamente impedidos de chegar ao 1º lugar, com os naturais reflexos psicológicos e motivacionais que daí iriam advir

    ResponderEliminar
  9. Caro Pequeno Genial,

    Tem andado desatento, pois as questões levantados neste espaço ultrapassam em muito a questão treinador, temos dado muito enfoque a coisas muito mais importantes como ausência de politica desportiva e deficiente politica de comunicação, agora uma coisa nesta época foi diferente das demais, existiu coerência e planificação da época sobe a batuta de alguém inatacável, a grande falha ocorreu no treinador (e que falha) e nas constantes palhaçados do futebol Português que invariavelmente prejudicam sempre o mesmo.

    ResponderEliminar
  10. 3º, 4º, qual a diferença?
    Só o 1º interessa, o resto é acesso a champions ou uefa.
    Sem champions, os lagartos fechavam as portas, e eu sou solidário, tenho pena, que posso de fazer?!
    uefa, acredito na final, sou optimista, que posso fazer?!

    System

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Continuo sem perceber o que muitos de vós ainda vêm neste treinador e neste presidente...
    Os unicos que tiveram aproveitamento positivo este ano, foi o Rui Costa que sempre defendeu o clube em todos os momentos e o preparador fisico, um tal de Pako , que mostrou este ano que afinal podemos passar uma época quase sem lesões fisicas graves . Não estou a falar dos jogadores que já vinham atados com arames, esses já nós sabiamos o que iria acontecer.

    ResponderEliminar