quarta-feira, 31 de março de 2010

Ao meu amigo Rui Costa

Desculpa Rui, tratar-te por tu sem te conhecer, sem nunca te ter visto a não ser dentro das quatro linhas. Para mim isso não é importante, quem quiser desvalorizar as minhas palavras que o faça. Não me importa nem me preocupo. Representas o que é ser benfiquista meu querido amigo, para ti não existem mais clubes da mesma forma que não existem para mim, és uma força encarnada, é em ti que me revejo no Benfica, em cada partida que o Benfica entra vibras, e não interessa se é futebol se é andebol tenis de mesa ou até bilhar. És lampião como eu encarnas o espirito da águia, é com pessoas com carácter e com uma personalidade como a tua que o nosso Benfica poderá trilhar o seu caminho, eu diria antes que é de homens como tu que este País e este Mundo precisa, é dessa massa que se fazem as pessoas sérias. Acompanho-te desde 1991 quando soube que havia um miúdo que se chamava Rui Costa e que integrava a equipa do Mundial de 1991 em Lisboa, vi os teus golos no Estádio mais maravilhoso de todos os tempos nessa competição. Também eu um miúdo senti sempre em ti, um pouco daquilo que eu gostaria de ter sido e não fui, frustração minha? É verdade, mas tu projectavas na perfeição o que eu sentia, lembro-me duma proposta de 150 mil contos do Milan que apareceu numa revista de futebol da época e de ter dito que eles deviam estar loucos. Queriam um jogador destes de borla. Mas mais importante que tudo isso, e que os putos não sabem e alguns mais velhos não se lembram ou já esqueceram foi quando no Verão de 93, o sporting quis levar os melhores jogadores, e tu disseste, eu não saio!!! Nunca mais me esquecerei, nenhum benfiquista o poderá esquecer, o menino Rui, deu a cara e disse para quem quis ouvir com a voz de adolescente . EU FICO! EU FICO!
Saberás o que isso significa? Acho que não... Depois das humilhacões que fomos sujeitos nesse Verão, o rapazito deu a cara e disse o que todos ansiávamos ouvir, Não!!!! Penso que foi um tónico essa declaração essa afirmação alastrou-se aos outros jogadores enquantos os mercenários partiam. E quase todos ficaram.
Não sei para onde vais nem me interessa, seguir-te-ei sempre nos bons e nos maus momentos, num sol radiante ou num frio de morrer, lá estarei, lá nos encontraremos, ainda que seja no meu singelo anonimato, assim como tu estiveste neste mau momento, permanecerei ao teu lado, ainda que sejamos poucos, também eram poucos em 93 e aí meu amigo tu ficaste , TU FICASTE NO BENFICA!

2 comentários:

  1. Identifico-me totalmente com o texto, Forteifeio. O Rui Costa - apesar de não concordar necessariamente com tudo o que o envolve (posso por exemplo discordar da saída do Léo) - é um símbolo de amor ao clube e de serviço ao desporto. Um exemplo de ética que nos engrandece e uma bandeira nossa no exterior (por aqui, infelizmente há muita inveja e muito jogo sujo).

    Saudações de glória

    ResponderEliminar
  2. Noticia de ultima hora.

    Benfica contrata Hélio Faria, lateral/ala direito para o seu plantel.
    www.averdadedaliga.blogspot.com

    ResponderEliminar