quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Magia de Di Maria e Aimar supera Messi

O jogo desta noite valeu sobretudo pela notável inspiração de Di Maria, um autêntico diabo vermelho à solta, em contraste com a agressão disparatada frente ao Olhanense. Provou, mais uma vez, que se estiver concentrado apenas em jogar futebol, pode, como aconteceu hoje, ser genial.

Marcou dois golos espectaculares, o primeiro na sequência de um remate cruzado, mas o segundo foi ainda mais brilhante, recorrendo ao remate "de letra". Podia ter conseguido um "hat-trick", se a bola não tivesse sido defendida...pela barra. Ou seja, em termos de cotação, demonstrou que pode valer 40 milhões de euros, depois de, em Olhão, nem sequer merecer 40 cêntimos.

O Benfica poupou vários titulares, até podia ter goleado, como sofrido o empate, na consequência daquele final desastrado, parecendo que queria oferecer, nesta quadra natalícia, a igualdade ao AEK.

O que se passa com Weldon?
Com poucas oportunidades, o brasileiro deve estar com vontade de continuar como suplente: provou que corre bem, mas hoje esteve muito...trapalhão. Até começou bem o campeonato, com o golo que evitou que o Benfica perdesse com o Marítimo, foi atormentando por uma lesão e, depois de aparições esporádicas, participou no lance do segundo tento no Algarve, sem que isso apagasse uma exibição discreta.

A vitória de Aimar
Aimar foi considerado o melhor futebolista argentino da década, numa votação promovida pelo «site» Ambito.com, de Buenos Aires, tendo relegado Gabriel Batistuta para o segundo lugar, enquanto "Super Messi" ficou no quarto posto, atrás, também, de Riquelme. Segundo os responsáveis da página, "El Mago" chegou à liderança depois de o «site» do Benfica ter noticiado que a votação estava a decorrer.

O triunfo pode ser discutível, mas convém não esquecer que, há dez anos, brilhava no River Plate e na selecção da Argentina, conseguindo, depois, rumar ao Valência, onde protagonizou épocas de grande nível, tendo conquistado a Taça UEFA em 2004 , antes dos momentos menos felizes sobretudo no Saragoça, devido a problemas físicos. Neste aspecto, é um jogador de risco, mas, nesta época, já demonstrou que pode apresentar um futebol ao nível de Rui Costa.


video

2 comentários:

  1. Apenas 1 pequeno comentario: a frase "...recorrendo ao remate "de letra", feito com o pé direito, o que é notável, considerando que é canhoto." e' incongruente com a realidade exposta no video com que termina o post.

    ResponderEliminar
  2. Di Maria é de facto um jogador com um potencial enorme, que apenas precisa de ser mais trabalhado e solidificado, pois, assim como tem estes lances de génio, depois, perde-se em lances inúteis e sem nexo, tais como o que deu origem ao golo do Aek de Atenas, embora aí a infelicidade maior ainda tenha sido a de Miguel Vítor, que até então, tinha feito uma exibição quase perfeita.
    Parece que alguém pagou a um bruxo para nos lançar uma praga,espero que até Domingo, tenhamos 11 jogadores para defrontar o Porto.

    ResponderEliminar